Nossas Certificações

O Acreditar tem o selo de qualidade da Joint Commission International (JCI), o mais importante reconhecimento no setor de saúde do mundo. A acreditação foi concedida em conformidade com os requisitos da entidade internacional, que preza pela qualidade e segurança do paciente em toda a sua jornada de atendimento.

Três clínicas do Acreditar são reconhecidas. A unidade Santa Marta recebeu o selo em 2014, tornando-se a primeira clínica oncológica da América do Sul – e a sétima do mundo – a alcançar esta acreditação. Em 2017, as clínicas Pio X e Anchieta também receberam o reconhecimento internacional.

O selo de acreditação internacional pela JCI assegura a melhoria contínua dos novos processos de cuidado ao paciente e qualidade no serviço.

Certificação

O Que é a JCI – Joint Commission International?

A Joint Commission International é uma organização não-governamental e o mais respeitado órgão certificador das organizações de saúde do mundo. Com sede nos Estados Unidos e atuando em mais de 40 países, é representado no Brasil pelo Consórcio Brasileiro de Acreditação – CBA e conta com uma equipe de avaliadores e consultores que seguem os mais rigorosos padrões internacionais.

A certificação pela JCI vem assegurar um padrão mundial para a melhoria continua dos processos de cuidado e segurança ao paciente.

O Acreditar foi a primeira clínica de oncologia no Brasil a receber o selo de reconhecimento dos padrões de cuidados ambulatoriais de Qualidade e Segurança pela JCI em 2014.

Compromisso com a Qualidade e Segurança do Paciente

O Grupo Acreditar criou o Plano de Melhoria da Qualidade e Segurança do Paciente para sustentar as diretrizes, estabelecer ações de acompanhamento e monitoramento de cada uma delas na instituição.

As diretrizes da Qualidade estabelecidas no Grupo Acreditar são:

  • Disseminar a cultura de Qualidade e Segurança;
  • Estabelecer prioridades para o programa de qualidade;
  • Garantir segurança dos processos;
  • Alcançar e manter a certificação de Qualidade da JCI;
  • Monitorar continuidade das melhorias.

Metas Internacionais de Segurança do Paciente

Em 2005 a Organização Mundial de Saúde (OMS) lançou a Aliança Mundial para a Segurança do Paciente e identificou seis áreas de atuação para direcionar as ações voltadas à Segurança do Paciente. Com o intuito de assegurar o cumprimento das Metas Internacionais de Segurança foi desenvolvida e disseminada a Política das Metas Internacionais de Segurança do paciente e definidos processos para que suas práticas sejam conduzidas em conformidade.

Desenvolvido por Casa da Criação